sexta-feira, 25 de junho de 2021

SÃO NICOLAU TRAIL 2021

São Nicolau Trail é uma atividade que se realiza nos dias 26 e 27 de junho, incluída nos Cabo Verde Trail Series, projeto que inclui também as ilhas do Maio, de Santiago, de Santo Antão e do Fogo. O programa do SNT inclui atividades desportivas, turísticas e culturais para todas as idades.

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Lourenço Gomes apresenta novo livro. MONUMENTOS: História e Interpretação - Centro Histórico da Praia.

 

O historiador sanicloense, Lourenço Gomes, apresentou MONUMENTOS: História e Interpretação - Centro Histórico da Praia.

Segundo o autor, “o livro procura transmitir e perpetuar, para a posteridade, lembranças do passado relacionadas com a zona mais antiga da Cidade da Praia, através da história e análise descritiva, de variados monumentos: arquitetónicos, escultóricos e outras criações das artes visuais, inseridos nos respetivos contextos urbanos”. O autor utiliza, na sua obra bibliográfica, uma metodologia que pode ser replicada em outros pontos de Cabo Verde. 


Livro MONUMENTOS: História e interpretação. Fonte: Trabalho do Designer Danilson Furtado e imagem de capa preparada pela Arquiteta Sília Fonseca.


Para efeitos de proteção de variados monumentos da cidade, entre as quais aqueles que são objetos de estudo no presente livro, à imagem de outros núcleos urbanos de Cabo Verde com relevância sob o ponto de vista histórico e valor de herança cultural, foi o estatuto de Património Nacional ao Centro Histórico da Praia, através da Resolução n.º 67/2013 de 17 de Maio, (B.O. n.º 26/2013-I Série).

 

Esta medida jurídica identificou um território que acolhe variados bens patrimoniais no seu seio, referenciados como «obras arquitetónicas e outras composições», cientificamente reconhecidos neste livro e, desde há muito, enquadradas na Lei n.º 102/III/90 de 29 de Dezembro, recentemente revogada.

 

Assim, legalmente, está protegido todo o perímetro da zona antiga e respetiva área tampão bem como todos os monumentos de elevado valor patrimonial aí edificados. Incluem-se, para efeitos de proteção, outros tipos de heranças culturais tangíveis, como são as obras decorativas, inseridas nos respetivos eixos urbanos. Em todos os casos, revestem-se os monumentos estudados neste livro de grande interesse na sua qualidade de obras de elevado valor estético e técnico bem como enquanto testemunhos e fontes notáveis para a história local.

 

O livro enfatiza, em primeiro lugar, um dos mais antigos aglomerados urbanos da urbe – o bairro da Ponta Belém, onde se emergiu uma paisagem urbana bem específica. Esta carateriza-se pela presença, generalizada, no passado, das chamadas casas baixas ou habitações populares, muitas das quais resistem ao tempo e mantêm-se bem firmes.





Exemplar de Casa baixa ou habitação tradicionalPonta Beém. Curiosamente, serviu de residência de Amílcar Cabral nas suas férias escolares. Fonte: Imagens recolhida por Buk, Fotógrafo da CMP.

Este tipo de habitação, em Ponta Belém, a conviver com edifícios residenciais mais opulentas e mais modernas como, de resto acontece de modo semelhante, em outras comunidades de Cabo Verde, entre as quais algumas do Tarrafal de S. Nicolau, representam a simplicidade da vida das gentes. Reflete, outras vivências do quotidiano como a solidariedade entre moradores que vem, desde tempos antigos, a ser projetada na atualidade.


O livro, analisa, em capítulo próprio e em pormenor, o bem arquitetónico de cariz secular - o Mercado da Praia, datado, originalmente, de 1874, mas cujo formato moderno é de 1924. 

Pormenor revelando a elegância das portas de entrada do Mercado da Praia Fonte: Câmara Municipal da Praia - Relatório do Plano Urbanístico Detalhado do Plateau (1998).


A caraterística dominante deste mercado, além da sua dimensão estética, prende-se ao facto de conservar tradições e hábitos de vida muito antigos e uma simbologia de grande sociabilidade na urbe, além da sua dimensão estética, traduzida numa obra de rara beleza arquitetónica, valores estes que ficaram expressos nas recentes intervenções de restauro e ampliação da edificação.

Dedica a obra bibliográfica em referência, uma atenção à história e análise de monumentos que, no passado, se afirmaram como casas senhoriais, conhecidas por sobrados. A descontente de muitos e em contra-mão com a lei, em alguns casos, muitas das construções deste tipo integram conjuntos arquitetónicos já descaracterizados, permanecendo, contudo, as que restam, como singulares referências históricas de um tempo próspero e de uma dinâmica económica de outras épocas.


Fachada de habitação senhorial, já restaurada no alçado principal. Fonte: Arquivo pessoal, 2008.

Depois, presta tributo à classe de obras arquitetónicas civis ou oficiais, incluindo, na descrição e análise ou narração/interpretação, o belo edifício construído para albergar a antiga Escola Principal situado na Pracinha. Nesta praça, são analisadas outras construções com relevância histórico-cultural no mesmo eixo urbano oficialmente denominado, Praça Luís de camões, mas atenção especial é dado a uma simbólica obra de arte pública decorativa, o busto do D. António Lereno incorporando, a imagem de mulher comum, de pés descalços, com seu menino, igualmente objeto de interpretação.


Monumento escultórico dedicado à causa de saúde em Cabo Verde. Fonte: Arquivo pessoal, 2008.


Aproximando-se dos capítulos finais, o livro faz a descrição de mais uma construção civil pública de cariz socio-sanitário, situado na área mais descaída para o lado nordeste da urbe oitocentista. Referimo-nos ao complexo hospitalar da Praia (composição central e pavilhões adjacentes), muito antigo, desde o tempo da vila, esteticamente consolidada e com claras evidências do neoclassicismo.

Hospital da Misericórdia da Cidade da Praia. Ilha de S. Thiago de Cabo Verde, concluído em 1859. Fonte: AHU – Publicada por VIEIRA, Henrique Lubrano de Santa Rita (1999).

Depois do início da construção deste edifício hospitalar, na sua condição de hospital da misericórdia, em 1840, veio a impor-se de forma destacada, no outrora Largo da Hospital Velho que hoje apresenta um ordenamento urbano diferente. 


O penúltimo capítulo dedica-se ao estudo de duas obras arquitetónicas na Monteagarro – Eixo Norte do Centro Histórico da Praia, respetivamente, de cariz religioso e educativo, sendo a primeira, que é o edifício da Igreja do Nazareno, construída em 1947.


Edifício da Igreja do Nazareno. Fonte: Câmara Municipal da Praia (1998)



A outra edificação erguida nessa parte do centro histórico para comemorar os 500 anos do achamento de Cabo Verde é o antigo Liceu Nacional, designação que pouco tempo depois, mudou-se para Liceu Adriano Moreira, dois anos depois da sua conclusão em 1960. Enquadra muito bem o liceu, um monumento escultórico, em forma de vela, colocado na dianteira do edifício, invocando as características de um dos meios de navegação quinhentista portuguesa.


Curiosamente, ostenta uma decoração de interior expressando a finalidade para que foi construída, no outrora Largo do Chapuset. Este eixo urbano traz uma composição ornamental também com sentido comemorativo que desperta muita curiosidade pelas suas representações.

Lourenço Gomes termina o livro com reflexões que têm com propósito, despertar a consciência de intervenientes no meio académico e não só, em como o conhecimento nasce da investigação científica e que esta tem as suas bases metodológicas de procedimento que devem ser rigorosamente seguidas. A cientificidade na pesquisa requer uma heurística capaz de dar origem a uma obra bibliográfica desta natureza.


Texto gentilmente cedido pelo autor Lourenço Gomes.


quarta-feira, 5 de maio de 2021

Baleia bebé dá à costa na Praia da Luz, Cidade do Tarrafal de São Nicolau.

 


Uma baleia bebé deu à costa, hoje, quarta-feira, de manhã, na praia Da Luz, Cidade do Tarrafal de São Nicolau. A baleia, com cerca de 2 metros, deu à costa ainda com vida, mas devidos aos ferimentos graves, por todo o corpo, acabou por morrer algum tempo depois.




Segundo uma testemunha, “a cria estava sendo atacada por outra baleia (supostamente um macho). Acabou por se desorientar e deu à costa ainda a respirar”. Como o blog Submarino cabo-verdiano pode constatar no terreno, a baleia bebé estava com muitos ferimentos.

A operação de remoção da carcaça do animal da praia Da Luz ficou a cargo dos Serviços Municipais de Proteção Civil e Bombeiros.

Ver mais fotos.









sexta-feira, 12 de março de 2021

Opinião: A Baixa Política da Presidente da JPAI em São Nicolau

    

Li, hoje, 12 de março, no jornal online Mindel Insite, um artigo de opinião “Suspensa formação Cuidadores de Infância devido ao não pagamento dos formadores”, da Sra. Suzi Chantre. 

Estou certo que o título deveria ser: EU, SUZI CHANTRE, PRESIDENTE DA JPAI EM SÃO NICOLAU BLOQUEIO FORMAÇÃO NA RIBEIRA BRAVA POR QUESTÕES POLÍTICAS. Esta é a pura realidade e a razão que levou a formadora Suzi Chantre, que também é presidente da JPAI em São Nicolau, a paralisar a formação, tentando prejudicar 19 formandas.




A formadora e presidente da JPAI em São Nicolau mostra claramente o nível que detém, tentando fazer política de forma suja, negativa e baixa, escrevendo um artigo cheio de inverdades. No Município do Tarrafal de São Nicolau, a referida formação foi concluída no dia 28 de janeiro do corrente ano. Estando as formandas em estágio. Felizmente, tivemos formadores/as responsáveis, profissionais e comprometidos/as com a educação dos/as nossos/as formandos/as. A Suzi Chantre nunca trabalhou com a Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau em formação alguma.

No artigo, a autora Suzi Chantre, Presidente da JPAI, diz que “[…] para além dos formadores tanto do Tarrafal quanto da Ribeira Brava, que até ainda não receberam pelo trabalho executado e sequer têm tido uma justificativa do IEFP, mesmo após várias tentativas de contacto com a Diretora do CEFP-SV” e que “[…] o Instituto age sem consideração para com os formadores, simplesmente ignorando as tentativas de comunicação desses e sem dizer absolutamente nada]”. Nada mais falso. Os formadores e formadoras estão cientes do processo de pagamento e estão sempre em contacto comigo, enquanto ponto focal do IEFP no município.

O artigo desta senhora leva-nos a crer que a autora e presidente da JPAI não quer ver as coisas acontecerem, vive com a cabeça em outro lugar, não visita Tarrafal-SN e não está por dentro das inúmeras políticas positivas que têm vindo a ser desenvolvidas em prol da juventude tarrafalensse. Compreendemos o por quê de o aeródromo da Preguiça ser o seu lugar preferido em São Nicolau.

A mesma diz que “a ilha de São Nicolau carece de formadores, uma das razões pela qual o número de formações ministradas tem sido reduzido”. Mais outra inverdade. A ilha de São Nicolau não carece de formadores nesta área, como foi escrito no artigo. Prova disso é que, todas das formações ministradas pela Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau em parceria com o IEFP, têm formadores e formadoras formados e residentes em São Nicolau.

Desde 2018, em parceria com o IEFP já foram capacitadas 38 pessoas para formadores e formadoras aqui no município e, ainda este ano, vão ser ministradas mais duas formações pedagógicas iniciais de formadores e formadoras para alargar o número de opções. Desde 2019, o IEFP e a Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau têm a decorrer 5 cursos de formação profissional – Cozinha (nível 2), Instalações Elétricas e de Telecomunicações em Edifícios (nível 3), Serviços Administrativos e Atendimento ao Cliente (nível 4), e Gestão Contabilística (nível 5), abrangendo um total de 104 jovens formandos e formandas. E ainda neste trimestre, serão abertas inscrições em 10 novos cursos profissionais.

Em suma, a representação do IEFP na Ribeira Brava teve o azar de contratar uma pessoa que não sabe o que é ser profissional e que confunde o profissionalismo com a política.

 

O autor: Adildo Soares Gomes

sábado, 30 de maio de 2020

LAMIN RAMOS – O JOVEM MÉDICO DA ILHA DE SÃO NICOLAU QUE ESTÁ NA LINHA DA FRENTE NA LUTA CONTRA COVID-19 NO BRASIL.


LAMIN RAMOS é um jovem médico da ilha de São Nicolau que está na linha da frente na luta contra covid-19 no Brasil.

Lamin Ramos nasceu na Ribeira Brava, ilha de São Nicolau há 36 anos, é médico desde 2009, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, e é especialista em Gastroenterologia pela universidade Federal Fluminense. Começou a trabalhar no Rio de Janeiro, mas, em 2012, recebeu uma proposta de trabalho e mudou-se para o Estado de Maranhão.
Trabalha num Hospital particular, Hospital São Domingos, em São Luís de Maranhão, exercendo a medicina interna, gastroenterologia e é intensivista (apesar de não ser a sua área de formação) e médico de “rotina” da clínica médica. Esse jovem médico da ilha de São Nicolau, a residir-se no Brasil, é Diretor Técnico do Projecto Home Care – Serviço Médico em Casa –, na Cidade do Maranhão.



No que diz respeito a covid-19, Lamin Ramos está na linha da frente, tendo de “se adaptar à «nova realidade». Passou a atender e a lidar apenas com pacientes com covid-19. Considera-a “uma doença traiçoeira, onde a avaliação diária dos doentes (às vezes com oxigénio e ventilação mecânica) é fundamental – devido à falta de um tratamento específico”. Diz-nos que “viu muitos pacientes com covid-19”; que foi “surpreendido em vários momentos” e “graças à experiência adquirida, começou a ter confiança e a criar rotinas que lhe permitiu evitar desfechos não desejados”.



Atualmente, o Brasil é considerado o centro da pandemia da Covid-19, com mais mortes e casos positivos a nível mundial. Segundo o Médico Lamin Ramos, isso deu-se por que “as pessoas não respeitaram as medidas impostas pelo Governo Estadual e pelas Prefeituras e devido ao posicionamento errado do Governo da República Federal em relação à pandemia”. 

Considera que o pico da doença no Estado de Maranhão pode já ter passado. “Todas as camas do hospital estavam ocupadas. Agora a procura hospitalar tem diminuído – devido à perda do plano de saúde de algumas pessoas – e o confinamento obrigatório de 10 dias, imposto pelo Governo Estadual está a fazer efeito”. Mas alerta para os cuidados a ter no pós-confinamento e respeitar o distanciamento social, evitando uma nova vaga de doentes.


Lamine Ramos conclui dizendo que “a rotina é pesada, estressante, mas devido ao momento especial é necessário abraçar a causa e a que recompensa de curar e salvar vidas é maior”. Deixa um conselho aos cabo-verdianos, em especial às pessoas de São Nicolau: “é muito importante manter as medidas de distanciamento social, o uso das máscaras – pois o vírus tem uma percentagem de infeção muito alta – e respeitar as medidas ou orientações do Ministério da Saúde.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Cabo Verde e a Segunda Guerra Mundial

O livro  fala‑nos  da  importância  que  o  arquipélago de Cabo Verde teve na política externa portuguesa  num  dos  períodos  mais  conturbados da  história  contemporânea  – a  Segunda  Guerra Mundial.  Aborda  as  relações  entre  Portugal,  a Inglaterra e os Estados Unidos da América e avalia  a  importância  geoestratégica  das  ilhas cabo‑verdianas no Oceano Atlântico médio. Aborda  alguns  planos  – Operação  Félix Shrapnell  – elaborados  pelo  Aliados  e  Eixo  para a ocupação das ilhas. Relata a importância que Cabo Verde  teve  durante  a  Batalha  do  Atlântico  que  a partir de meados de 1941 entrou numa fase crítica. Vários  submarinos  alemães  e  japoneses  foram afundados nas águas de Cabo Verde”.



Links para compra online.

CHIADO

BERTRAND

FNAC

WOOK


quinta-feira, 22 de março de 2018

FUTEBOL SÃO NICOLAU: Belo Horizonte sagra-se campeã regional pela primeira vez



Futebol Clube Belo Horizonte venceu, ontem, no Estádio Municipal Di Deus, a Académica da Preguiça por 2 a 0, conquistando, assim, o Campeonato Regional de São Nicolau em Futebol.
O título inédito foi conquistado a duas jornadas do fim da competição.




A equipa de Juncalinho sagrou-se campeã do campeonato regional de São Nicolau em futebol, depois de uma vitória de 2 a 0 frente ao adversário direto, Académica da Preguiça, e vai representar a ilha no campeonato nacional de futebol. O primeiro golo foi apontado por Cady aos 47 mn. Lionildo, aos 89 mn aumentou o resultado.
O Futebol Clube Belo Horizonte tinha 5 ponto de vantagem sobre a Académica da Preguiça, segunda classificada, e, com este triunfo, aumentou a diferente para 8 pontos, a duas jornadas para o término do campeonato.






terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Carnaval São Nicolau 2018: O grupo carnavalesco Brilho da Zona está a ultimar os preparativos para o desfile


O Grupo carnavalesco Brilho da Zona está a ultimar os preparativos para o desfile de Carnaval que começa já no próximo sábado. O grupo de Caleijão, este ano, retrata no seu enredo “a viagem do Titatic e o gelo”. No atelier de costura do grupo os trabalhos estão quase. Este ano o grupo pretende levar ao terreiro um número maior de figurantes.






“A viagem do Titanic e o gelo” é o tema do enredo que o Brilho da Zona escolheu para apresentar no terreiro no dia do desfile de carnaval. Nos estaleiros, Baltazar costa coordena os trabalhos e dá as diretrizes aos voluntários para que as figuras ganhem formas e sejam compreensíveis aos olhos do público.



A montagem dos andores está na sua fase final e dentro de poucos dias devera estar pronto para ser apreciado.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Campeonato Regional de Futebol: Académica da Preguiça e Belo Horizonte jogam a liderança do campeonato.


A quinta jornada do campeonato regional São Nicolau em futebol tem como destaque o confronto que se realiza, domingo, dia 4, entre a líder Académica da Preguiça e a segunda classificada Belo Horizonte, separadas por apenas dois pontos.



A formação da Preguiça soma 12 pontos, frutos de 4 vitórias em tantos jogos, e vai tentar cimentar a liderança do campeonato. Por seu turno, a equipa do Belo Horizonte, de Juncalinho, com 10 ponto (3 vitórias e um empate), tenta o “assalto” à liderança.


A jornada abre sábado com o jogo entre o FC Talho e o SC Atlético, às 16h00, no Estádio Municipal “Dideus”. No mesmo dia e à mesma hora, no Municipal Orlando Rodrigues, FC Praia Branca recebe o campeão regional e vice-campeão nacional FC Ultramarina.



No domingo, na Cidade do Tarrafal, a AJAT-SN defronta o último classificado CD Ribeira Brava, que até ainda não somou nenhum ponto.
A 5.ª jornada é encerrada em grande, com as duas primeiras classificadas (Académica e Belo Horizonte) a disputar o primeiro lugar.


segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

São Nicolau: Campeonato Regional da Futebol - Académica de Preguiça é líder

Neste fim de semana, a Académica da Preguiça deslocou-se à Cidade do Tarrafal, para defrontar e vencer a AJAT-SN por 1-0, no jogo de abertura da 4.ª jornada do Campeonato Regional Futebol de São Nicolau.






Com esta vitória, a equipa da Micá é líder isolado com 12 ponto (mais 3 que Belo Horizonte, 2.º classificado). Já o Desportivo da Ribeira Brava, sem nenhum ponto conquistado, continua como último classificado.

Resultados da 4.ª jornada
S.C. Atlético X Praia Branca – 0 - 1
Belo Horizonte X Talho – 2 - 2
AJAT-SN X Académica da Preguiça – 0 - 1
C.D. Ribeira Brava X F.C. Ultramarina – 0 – 3

Classificação
Académica da Preguiça – 12
Belo Horizonte – 10
F.C. Ultramarina – 5
AJAT-SN – 5
Talho – 4
S.C. Atlético – 4
Praia Branca – 4

C.D. Ribeira Brava – 0

José Pereira apresenta "BOKAFUMO: Uma história de superação às drogas" em São Nicolau


A obra "BOKAFUMO: Uma história de superação às drogas", que é a história da vida do fotógrafo José Pereira, foi apresentada, neste fim de semana, em São Nicolau.





As cerimónias decorreram nos dias 26, na Ribeira Brava, e 27, no Tarrafal –SN.
“BOKAFUMO” é um “acto de coragem, desabafo e confecções” onde José Pereira relata a sua vida enquanto toxicodependente e a fase a recuperação.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau realiza a III Edição da Gala do Desporto Municipal


A Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau realiza, amanhã, 24, a III Edição da Gala do Desporto Municipal. Segundo a autarquia, “pretende-se dar continuidade à sua política de promoção do desporto no Concelho e à de reconhecimento do desempenho e dedicação dos clubes, atletas e personalidades ligadas ao desenvolvimento da modalidade no município que se destacaram em 2017”.



Durante o evento, que decorrerá no Centro Cultural Paulino Vieira, às 18h00, sob o lema “Unidos na Promoção e Valorização do Desporto!”, haverá demostração de atividades físicas, premiação dos melhores da época em várias modalidades, animação cultural entre outras. 

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Gala do Desporto Cabo-verdiano 2017


A Gala do Desporto Cabo-verdiano 2017 é a grande Festa do Desporto Nacional. Neste evento serão entregues prémios aos Agentes Desportivos que mais se distinguiram ao longo do ano.





A Direcção-Geral dos Desportos (DGD) divulgou a lista dos nomeados para a gala nacional do desporto 2017. O evento que acontece em São Filipe, Fogo, no dia 2 de Dezembro, sob o lema “Formando campeões no Desporto e na vida”, atribuirá o prémio aos melhores de 2017.
Nelson Ramos, jogador de Xadrez de São Nicolau, está nomeado na categoria de "Atleta Fair Play".

As votações podem ser efectuadas aqui
Conheça os nomeados:
Jornalista - Victor Hugo, Benvindo Neves e Marcos Fonseca
Órgãos de comunicação social – TCV, Expresso das Ilhas e Greensports
Instituição parceira - Caixa Económica, Comité Olímpico Cabo-verdiano e a Câmara Municipal do Sal
Árbitro/Juíz – Margarida Mota, Olga Ludmila e Paulo Martinho.
Equipa – Sporting da Praia, Mon na Roda e Interclube da Praia
Treinador – Cláudio de Aguiar, Julio Nagana e Carlos Ramos
Dirigente – Joe Pina, Alfredo Lima e Anacleto Rosário
Atleta Fairplay – Inácio Ferreira, Nelson Ramos e Elton Duarte
Atleta feminino – Ingride Carvalho, Eveline Sanches e Rosana Gomes
Atleta masculino – Gracelino Barbosa, Gerson Rocha e Eskilson Nascimento
Atleta promessa – Ingride Carvalho, Noa dos Reis e Elvin Alvarenga
Personalidade do ano – Gerson rocha, Gracelino Barbosa e Jordin Andrade



segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Miss São Nicolau 2017


Sete candidatas, em representação de várias localidades, disputam sábado, 25, no Polivalente do Seminário, a coroa da “mulher mais bela” de São Nicolau, no concurso “Miss São Nicolau 2017”.







A atividade está enquadrada nas Festividades do Município da Ribeira Brava que se comemora a 6 de dezembro. O evento, organizado pela Kumunidadi Eventos, conta com participação dos Djs Power Mix e Tony Lopes.


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Torneio quadrangular para apoiar as vítimas do mau ano agrícola na Ribeira Brava

Enquadrado nas festividades do Município da Ribeira Brava, a Câmara Municipal da Ribeira Brava, em parceria com a Associação Regional de Futebol de São Nicolau, FC Clube Belo Horizonte, FC Talho, SC Atlético e Académica da Preguiça, realiza, neste fim de semana, um torneio quadrangular para apoiar as vítimas do mau ano agrícola naquele município.


terça-feira, 14 de novembro de 2017

Epidemia de sarnas e carrapatos dizima gados em São Nicolau



Uma epidemia de sarnas e carrapatos está a dizimar o gado na ilha de São Nicolau.
O representante dos criadores de gado, Graciano Silva, disse à rádio de cabo verde que “a situação é grave” e apela a “intervenção urgente do Governo”.



Há já algumas semanas que o ataque dos carrapatos está a matar o gado caprino e bovino na ilha. Perante esta situação, Graciano Silva denuncia a “falta de condições técnicas por parte do Ministério da Agricultura e Ambiente para combater esta epidemia”. Acrescenta que muitos criadores no Município da Ribeira Brava já perderam “metade dos seus animais”.
Desesperados, “estão a realizar curativos por conta própria na tentativa de salvar as vacas e cabras”.


Esta epidemia de carrapatos está a alastrar-se por várias localidades do Município da Ribeira Brava, colocando em risco a saúde pública.
Os criadores de gado consideram que a situação “é muito grave” e exigem “a intervenção urgente das autoridades”.




Fonte: RCV

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

José Freitas defende que “é preciso apostar na Educação no Município do Tarrafal de São Nicolau”

 
José Freitas presidio, na manhã de hoje, no Centro Cultural Paulino Vieira, ao arranque oficial do ano letivo 2017-2018, sob o lema “ Educação um compromisso com o Presente e com o Futuro”.








O Presidente da Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau disse hoje que “é reconhecido o valor da educação pelo contributo imprescindível que empresta ao crescimento económico do país e de forma particular ao nosso Município”. 





Acrescentou que “Somos conscientes das fragilidades da educação no Município, que às vezes produzem os resultados que não desejamos, como é o caso de abandono escolar, que leva a delinquência juvenil, outros males, que resulta em custos adicionais ao Estado.
Defende que “temos que apostar na Educação, e a Câmara Municipal do Tarrafal e a Delegação do Ministério da Educação serão parceiros na implementação do projeto educativo para o nosso Município”.