segunda-feira, 18 de setembro de 2017

José Freitas defende que “é preciso apostar na Educação no Município do Tarrafal de São Nicolau”

 
José Freitas presidio, na manhã de hoje, no Centro Cultural Paulino Vieira, ao arranque oficial do ano letivo 2017-2018, sob o lema “ Educação um compromisso com o Presente e com o Futuro”.








O Presidente da Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau disse hoje que “é reconhecido o valor da educação pelo contributo imprescindível que empresta ao crescimento económico do país e de forma particular ao nosso Município”. 





Acrescentou que “Somos conscientes das fragilidades da educação no Município, que às vezes produzem os resultados que não desejamos, como é o caso de abandono escolar, que leva a delinquência juvenil, outros males, que resulta em custos adicionais ao Estado.
Defende que “temos que apostar na Educação, e a Câmara Municipal do Tarrafal e a Delegação do Ministério da Educação serão parceiros na implementação do projeto educativo para o nosso Município”.


segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Pescadores de Carriçal receberam equipamentos de pesca e conservação de peixes

No âmbito do Programa de Oportunidades Socioeconómicas Rurais (POSER), sete pescadores receberam, no passado dia 8, Motores de 15 cavalos, 14 coletes, sete bússolas portáteis. Ainda, duas mulheres beneficiaram de duas arcas congeladoras e duas malas térmicas para a conservação e venda de pescado.



Segundo o Presidente da CRP – São Nicolau, José Almeida, trata-se de um “microprojeto de 2 mil e 600 contos e os beneficiários entraram com 200 contos”. 



Associação A Ponte assinalou o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio em São Nicolau


A Associação de Promoção da Saúde Mental, A Ponte, assinalou ontem, dia 10 de Setembro, o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, sob o lema “Doe um minuto e salve uma vida”.






Segundo A Ponte, “todos os anos, mais de 800.000 pessoas morrem por suicídio e um número 25 vezes maior de pessoas tentam suicidar-se”.
Em Cabo Verde, o suicídio, que afeta cerca de 12,3 por cento dos cabo-verdianos, segundo dados divulgados pela OMS em 2016, é assinalado um pouco por todo o país com uma cerimónia com velas acesas. Em Tarrafal de São Nicolau, o ato teve lugar no Largo do Cimentinho e contou com a participação de dezenas de pessoas. Já na Cidade da Ribeira Brava, a concentração foi na Praça Cónego Bouças.

O Dia Mundial da Prevenção do Suicídio foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde, com o objetivo de prevenir o ato do suicídio, através da adoção estratégias pelos governos dos países. Neste dia realizam-se cerca de 600 atividades em 70 países do mundo para se conseguir salvar vidas. 

Veja as fotos, gentilmente cedidas pela Célia Rodrigues - representante da A Ponte em Tarrafal de São Nicolau.







quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Técnicos de visão da Association Optique Vision Plus dão consultas gratuitas em São Nicolau


A Comissão Municipal da Saúde do Tarrafal de São Nicolau e a Association Optique Vision Plus levam a cabo uma ação de consulta de especialidade em oftalmologia e óptica.






Trata-se de uma parceria entre a Comissão Municipal da Saúde do Tarrafal de São Nicolau (nomeadamente a Câmara Municipal e o Centro de Saúde local) e a equipa de especialista em oftalmologia da Association Optique Vision Plus, uma ONG francesa que tem como missão “ajudar os mais necessitados”.
A equipa, constituída por três especialistas na fabricação e montagem de lentes de perto e ao longe e em lentes progressivas e bifocais, “aposta na melhoria e qualidade da visão através de testes de visão gratuitos, lentes à medida e adaptadas às necessidades e ao tratamento das pessoas”.
Os beneficiários têm consulta médica grátis e podem adquirir lentes, em caso de prescrição, a baixo custo – de 2.000$00 a 10.000$00. Estima-se que o projeto beneficia diretamente 1500 pessoas, de ambos os municípios, dando prioridade às crianças adolescentes e jovens em idade escolar.
Paralela às consultas, é desencadeada uma campanha de sensibilização dirigida a toda a população da ilha sobre a importância dos cuidados de visão.
Os especialistas permanecem na ilha de 04 a 20 de setembro.


terça-feira, 15 de agosto de 2017

Cartaz do Festival Praia d’Tedja 2017


A Edição 2017 do Festival de Praia d’Tedja que está agendada para os dias 18 e 19 de agosto, reúne um leque variado de grupos e artistas, apostando na qualidade e muita animação. 






No dia 18 subirão ao palco Revelação, Primitive, Fusão, Leontina Fortes, Toy Cabecinha, Vlú e o encerramento está a cargo do artista Tchoks. Dj Power Mix, Dj Dany e Dj Deivis e vão animar os presentes no primeiro dia do Festival.

No segundo dia, 19 de agosto, Naisse d’ Socol abre o palco. Segue-se Lilly Stefan, Revan Almeida, Hélio Batalha, Bulimundo e Don Kikas. Cabe a Beto Dias fechar o palco. Dj Mulatoh, Dj Negrinho, Tubaron e Dimitri Miguel, são os Dj’s da segunda noite. 

A autarquia reservou no seu orçamento uma verba de seis mil contos para os eventos culturais deste ano.

O Festival conta com a parceria da Câmara Municipal da Ribeira Brava, Navio Inter-Ilhas, Companhia Polaris SA, AMP, Electra e Policia Nacional e como patrocinadores a Unitel Tmais, Enapor Socol, Freitas Catering, APP, Almeida e Graça, Casa Alves e Disco DNF.




terça-feira, 8 de agosto de 2017

Embarcação de pesca naufraga em Tarrafal de São Nicolau


Uma embarcação da pesca local naufragou hoje, de madrugada, junto à praia de Grade, Cidade do Tarrafal de São Nicolau, tendo os dois pescadores a bordo sido salvos.




Com aproximadamente 9/10 metros de cumprimento, “Bridgeport" é propriedade da Fábrica SUCLA. Até ainda não se sabe o motivo do acidente.














A 3.ª Edição do Festival de Atum acontece neste Sábado


A Avenida António Assis Cadório, na Cidade de Tarrafal de São Nicolau, acolhe, este sábado, 12 de agosto, a 3.ª edição do Festival de Atum.




Segundo a Câmara Municipal, o festival tem como objetivo “dinamizar a economia à volta da pesca e estimular as pessoas para a criação de autoemprego”.
Cada expositor deve apresentar, no mínimo, três pratos diferentes cujo ingrediente principal é o atum.
Além da gastronomia, o evento conta ainda com muita música e outras atividades culturais, desportivas e recreativas, nomeadamente natação, corrida na praia, corrida de botes e concurso de captura de atum.
Este ano há formação em “Cozinhas Básicas de preparação e confecção de Atum, higiene e segurança alimentar”, promovida pela CMTSN, em parceria com a Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde.

Festival de Atum já tem Símbolo

Elvis Ribeiro é o vencedor o concurso "Símbolo do Festival de Atum”, lançado pela Câmara Municipal do Tarrafal do Tarrafal de São Nicolau.
A notícia foi avançada na página oficial do Facebook da Câmara Municipal.






Lê-se que “o logotipo representa de uma forma geral o Município do Tarrafal de São Nicolau, pesca do atum, barco, sol, gastronomia, praias e a cultura”. “A gastronomia é representada no símbolo como o prato e os talheres (garfo e colher), um prato recheado de alegria, música, dança, diversão, beleza e autenticidade”, acrescentou na memória descritiva.

Segundo Elvis Ribeiro, citada pela mesma fonte, “o Atum e o bote representam a pesca, onde o atum dá nome a este festival e o bote representa sustento e luta da maioria dos nossos munícipes”. Quanto às cores, “o amarelo representa a alegria, a simplicidade e a amabilidade dos tarrafalenses; vermelha, a energia e união que faz do seu povo alegre, simples e amável e a cor preta representa a areia”.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Carlos Fortes Lopes apresenta “Regionalizar Cabo Verde: Governar Junto do Povo”.

O lançamento da obra de Carlos Fortes Lopes acontece hoje, às 18h00, no Centro Cultural Paulino Vieira e está enquadrada na comemoração do 12.º aniversário do Município do Tarrafal de São Nicolau.





Segundo o autor, trata-se de um livro técnico que visa contribuir para o debate do processo de regionalização em Cabo Verde. “O processo de Regionalização do país é, sem dúvidas alguma, um processo que exige muito trabalho e vontade política de todos. O nosso objectivo é ajudar o país a discutir as melhores vias para o seu coeso desenvolvimento, tendo em conta que os problemas associados à crise são já um dilema diário do povo sofredor destas ilhas do Atlântico”.

Carlos Fortes Lopes acrescenta que “com base na atual impotência das Câmaras Municipais, o Grupo de Reflexão Sobre a Regionalização de Cabo Verde (GRSRCV) pretende apresentar a sua sugestão do programa de Regionalização, em sintonia com as potencialidades regionais do País”. Sendo o país constituído por dez (10) ilhas, o autor sugere “a distribuição das ilhas em 4 zonas regionais, de forma a serem criadas condições institucionais, políticas e administrativas que consigam responder às necessidades de cada região, num contexto nacional.
Sotavento: Zona 1= Santiago Norte, Santiago Sul e Maio; Zona 2= Fogo e Brava 
Barlavento: Zona 1= Santo Antão, São Vicente e Santa Luzia; Zona 2 = São Nicolau, Sal e Boavista”.

Defende que “ao criarem-se as quatro zonas regionais, estaremos criando condições para uma gestão direta das potencialidades económicas de cada região e iniciando um processo que culminará com ILHA REGIÃO”.


Finaliza dizendo “para que a Regionalização do país seja uma realidade há que trabalhar seriamente na revisão da Constituição da República, criando assim a ferramenta legal para a sua oficialização e materialização”.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Submarino Cabo-verdiano oferece 2 bilhetes para o “CVColor Festival” em São Nicolau

Submarino Cabo-verdiano, em parceria com a DEventos, tem dois bilhetes para oferecer na ilha de São Nicolau – que vai receber CVColor Festival 2017 no dia 5 de Agosto.








Para se habilitar a ser um dos vencedores deste passatempo só tem de:
1. Partilhar este passatempo no seu facebook com as seguintes hashtags: #cvcolorfestival2017; #cvcolorfestivalsãonicolau; #deventos #submarinoCabo-verdiano; #passatempo e identificar três amigos(as);
2. Dar 'gosto' na página de Facebook Oficial do Submarino Cabo-verdiano.
3. Dar 'gosto' na página de Facebook Oficial da DEventos.
4. Responder corretamente às seguintes questões: (enviar resposta para asoaresgomes@sapo.pt)
a) O evento já vai em que edição em São Nicolau?
b) Qual é o slogan desta edição?
c) Que empresas organizam a CVcolor Festival?
d) Quantos Concelhos tem a ilha de São Nicolau?
e) Em São Nicolau há duas das 7 Maravilhas Naturais existentes em Cabo Verde. Quais São?

Envie-nos um e-mail com os seus dados (nome, telefone, telemóvel, print screen da partilha feita no seu facebook + print das páginas de Submarino Cabo-verdiano e da DEventos para comprovar o 'gosto') para: asoaresgomes@sapo.pt e com a seguinte frase no assunto da mensagem "CVColor Festival 2017".

O passatempo termina às 12h00 horas do dia 04 de agosto.

“CV Color Fest” 2017 vem à ilha de São Nicolau com mensagem de sensibilização a favor da proteção das tartarugas

O “CV Color Fest”  acontece a 5 de agosto na ilha de São Nicolau e traz como novidade a introdução do conceito de responsabilidade social voltado, nesta terceira edição, para a proteção das tartarugas marinhas.




Aderson Soares, que faz parte da organização DEventos, avança que este ano, para além de São Vicente, Sal e Santiago, o festival estende-se às ilhas da Boa Vista, São Nicolau e FogoTrata-se de um festival que acontece anualmente em Cabo Verde, inspirado no conceito Holi, importado da Índia, que tem como suporte o hinduísmo e a celebração da transição do Inverno para a Primavera.

Segundo  a nota que nos foi enviada, a partir desta terceira edição todos os anos o festival terá em foco uma campanha de sensibilização social em prol do meio ambiente.

“Para iniciar neste ano de 2017,  a campanha estará centrada na protecção das tartarugas marinhas, uma das espécies protegidas e em vias de extinção”, pode-se ler na nota, que explicou que  a decisão foi tomada tendo em conta que no mês de Julho dá-se também o início à época da desova das tartarugas, e é fundamental, que nesta altura haja uma “comunicação forte”, direccionada contra a sua captura.

A terceira edição do “CV Colar Fest”, à semelhança das edições anteriores, arrancou em Mindelo no dia 01 de Julho e, nas semanas seguintes, seguiu-se para as ilhas do Sal, Boa Vista, Santiago, Fogo, levando música, cores e “muita alegria”, com espectáculos de DJ e músicos nacionais.

A festa celebra metaforicamente a vitória do bem sobre o mal. Anualmente, milhares de pessoas deixam-se contagiar pelos cortejos e festas, onde chovem os pós coloridos. Este conceito ganhou dimensão internacional, sendo hoje celebrado nos quatro cantos do mundo. Em Cabo Verde celebra-se no início do mês de Julho, que marca o início do Verão e consequentemente o final da estação seca.


quinta-feira, 27 de julho de 2017

Parque Natural do Monte Gordo organiza a 6.ª edição da Feira Gastronómica “Gostos e Sabores do Parque”

O Parque Natural do Monte Gordo organiza, nos dias 5 e 6 de agosto, a 6.ª edição da Feira Gastronómica “Gostos e Sabores do Parque”, no Cachaço.
O objectivo do certame é o de promover a cultura, os produtos locais e actividades geradoras de rendimento para as famílias.
A feira conta ainda com um leque de actividades de animação como, teatro, dança, música e a presença de vários artistas locais.


Hidélvis Jardim assina pelo União da Madeira


Hidélvis Jardim assinou um contrato válido por três temporadas com o União da Madeira.



O União da Madeira, Clube Madeirense da Ledman Liga Pro (Segunda Divisão), informou na sua página oficial do facebook que chegou a acordo com Hidélvis Jardim, defesa centra natural de Juncalinho, ilha de São Nicolau, para as próximas três temporadas.
O defesa-central cabo-verdiano tem 25 anos e chega do Mindelense, onde se sagrou tetracampeão de Cabo Verde.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Primeiro-Ministro visita São Nicolau.

O Primeiro-Ministro visita a ilha de São Nicolau de 12 a 15 de Julho.
À semelhança do que tem acontecido em todos os concelhos do país, o Primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva, visitará um conjunto de localidades e reunirá com as forças vivas e jovens dos Município da Ribeira Brava e do Tarrafal.





Segundo a página oficial do Governo, essa visita, de quatro dias, “enquadra-se no périplo pelos municípios do país, focado em desenvolver políticas públicas para o desenvolvimento de cada município, de forma equilibrada e de acordo com a especificidade de cada ilha, assente num novo modelo de governação para o país”.
O Primeiro-Ministro estará acompanhado por uma delegação constituída pelo Ministro da Cultura e Indústrias Criativas (Abraão Vicente), Ministra de Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação (Eunice Silva) e pelo Ministro da Agricultura e Ambiente (Gilberto Silva).

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Tarrafal de São Nicolau sai à rua para chamar atenção aos problemas que afetam a ilha.

Algumas dezenas de pessoas do Tarrafal de São Nicolau saíram, hoje,  às ruas para mostrarem os seus descontentamentos face aos problemas, nomeadamente de transporte, saúde e desemprego, que têm vindo a provocar vários constrangimentos à Ilha de São Nicolau.



O promotor do denominado "Movimento por São Nicolau", José Almeida, disse que "o principal objetivo da manifestação é chamar a atenção do Governo no sentido de ver São Nicolau como é merecido".

A manifestação teve início no Largo do Cimentinho e percorreu algumas artérias da cidade.




Criada a Associação SN Turismo

Foi criada ontem, em São Nicolau, a Associação dos agentes turísticos da ilha de São Nicolau.







O acto aconteceu na Cidade da Ribeira Brava, na Presença da Câmara do Turismo de Cabo Verde e das Câmaras Municipais da Ribeira Brava e Tarrafal-SN e de vários agentes turísticos da ilha. Assim, Cabo Verde passa a ter a primeira associação oficial de operadores turísticos do país.

António do Rosário, presidente da referida associação, afirmou à RCV que "o desafio é enorme e que o primeiro passo é apostar na formação para jovens".
Por sua vez, Gualberto do Rosário, presidente da Câmara de Turismo de Cabo Verde, "este é um grande passo para o desenvolvimento do setor do turismo em São Nicolau".

terça-feira, 4 de julho de 2017

Agricultores de São Nicolau com prejuízos vultosos devido a falta de transporte marítimo

A falta de transporte marítimo para o escoamento dos produtos para a ilha do Sal já começou a dar prejuízo aos agricultores na ilha de São Nicolau.
Emitério Felisberto, agricultor do vale de Fajã, já começa a somar os prejuízos com a falta de transporte para escoamento dos seus produtos.




A Rádio de Cabo Verde noticiou esta manhã que esteve no local e constatou “centenas de pimentões completamente estragados que já não servem para o consumo humano”.
Emitério, que já distribuiu vários quilos de pimentão à população de Fajã para evitar o desperdício do produto, disse que “este é mais um exemplo de falta de respeito dos governantes, para com que a ilha de São Nicolau”. Acrescentou que os agricultores “estão a acumular prejuízos”.
Este jovem agricultor espera que o Governo “encontre uma solução rápida para o transporte marítimo de e para a ilha de São Nicolau”.

De realçar que o navio Ribeira de Paul, que fazia o transporte de mercadorias para a ilha do Sal e São Vicente, fez a sua última viagem no dia 21 de junho antes de ir para a doca por tempo indeterminado.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

“Dragon Force Caça-talentos” escolhe Leonardo Dinis de Juncalinho, São Nicolau


“Dragon Force Caça-talentos” escolheu seis jovens no último dia do teste. Entre eles está Leonardo Dinis, jovem de 17 anos de Juncalinho, ilha de São Nicolau. A lista foi divulgada pelo “staff” do clube português que se encontra em Cabo Verde.





O projeto “Dragon Force Caça-talentos” realizado na Cidade da Praia pelo Futebol Clube do Porto, de 26 de Junho a 01 de Julho, pré-selecionou seis jovens atletas cabo-verdianos após o último teste realizado no Estádio Municipal de Achada Santo António “Sucupira”.
A lista foi divulgada pelo “staff” do clube português que se encontra em Cabo Verde a procura de novos talentos que possam integrar os escalões de formação portista.

Nessa lista constam os atletas Leonardo Dinis, Kelvin Spencer Pires, Paulo Júnior Santos Gomes, Délcio Ferreira Fernandes, Nibrás Mohammed Juma e Iolando Andrino de Jesus.
Para o portista, esta seleção não foi fácil atendendo ao número de inscritos no evento e que foram avaliados perante as suas idades e posições em que jogam.



Ricardo Frey Ramos disse à Inforpress que não tem dúvidas de que “o talento está enraizado em Cabo Verde” e que os jogadores que vão ser levados para Portugal serão aqueles que demonstrem capacidades para integrar sem quaisquer dificuldades os escalões de “sub-17 ou sub-19” do Futebol Clube do Porto.

sábado, 24 de junho de 2017

San Jon - Praia Branca, Ilha de São Nicolau

Praia Branca confunde pelo nome. Na verdade, trata-se de uma Vila simpática e aconchegante, situada numa encosta. Supostamente terá sido fundada por habitantes provenientes da beira-mar de uma tal “praia-branca”, e que com eles trouxeram o nome. 


No passado, o mais importante povoado da costa oeste, ocupou papel de relevo no contexto da ilha, tendo sido projectada a criação de uma freguesia com sede ali, mas que não chegou a acontecer. Beneficiou de uma das primeiras escolas-régias da ilha, no longínquo ano de 1885. Foi, no passado, importante centro de atividade pecuária que, infelizmente, entrou em decadência. Na Praia Branca nasceu a mais emblemática canção cabo-verdiana, “SODADE”, da autoria de Armando Zeferino Soares. Foi ali também que nasceu o mestre da música cabo-verdiana, Paulino Vieira.

Conserva até hoje uma das maiores manifestações culturais da ilha. O San Jon é um evento festivo multi-expressivo que se realiza na zona de Praia Branca, por ocasião do dia de São João Baptista, 24 de Junho. Envolve música, dança, palavra e artefatos, recriando alguns aspetos da tradição cultural cabo-verdiana, nomeadamente das festas que se realizam entre o dia 3 de maio (dia de Santa Cruz) e o dia 29 de Junho (dia de São Pedro) nas ilhas de Barlavento (Santo Antão, São Vicente e São Nicolau).


Na Praia Branca, o ritmo de San Jon varia no andamento e com uma coreografia típica, que consiste em duas filas, na sua maioria mulheres, frente a frente com meneios sensuais acompanhados de dizeres maliciosos, lascivos, dirigidos aos homens, e críticas sociais.



O escritor Alejo Carpenter, no livro La Musica en Cuba, afirma o seguinte: "Em 1776, uma frota procedente da Europa e que havia feito escala em Havana, transportou para Vera Cruz (México) alguns emigrantes de cor que levaram com eles um baile chamado El Chuchumbé que obteve um extraordinário êxito e difusão".
Essa manifestação, das poucas que se tinha para se expressar livremente, teve de ser interrompida, quando as críticas se viraram para a igreja.
A Santa Inquisição do México, porque aquela dança cubana “causava danos” - supostamente morais, em Vera Cruz particularmente entre as donzelas, como referiria o informador da Santa inquisição: " [... ] as coplas são cantadas por um grupo enquanto outros bailam, seja entre homens e mulheres ou entre quatro mulheres e quatro homens, com movimentos lascivos e batendo barriga contra barriga".
Ainda na mesma obra, Carpenter afirma que um padre chamado Labat descreve uma dança muito parecida, vista por ele em Santo Domingo em 1698 " [...] Afastam-se logo dando voltas com gestos absolutamente lascivos".



Baseado no lema ‘’Herança de Nôs Gent. Almas de Nôs Terra”, os jovens, mobilizados de há alguns anos para cá, são dos que mais animam as atividades hoje em dia. De tambor ao peito, apitos e cornetas, estes em cascos de búzio, e os famosos cantares, a Comissão quer dinamizar o San Jon de Praia Branca e “não deixar a Tradição padecer”.

Atrair muitas pessoas à ilha, incluindo emigrantes que escolhem esta época do ano para fazer férias e aproveitar o San Jon dos seus antepassados, como resultado do trabalho feito por esta comissão que deu uma nova dinâmica a esta festividade.
Proporcionar à comunidade local e aos visitantes umas festas à moda antiga, envolvendo a comunicação social presente na nossa ilha e outros meios de comunicação à nossa disposição.

Em 2015, San Jon de Praia Branca foi elevada a património imaterial municipal.

1.ª mão das meias-finais do Nacional de Futebol joga-se neste fim de semana


A primeira mão das meias-finais do campeonato nacional de futebol joga-se neste fim de semana. 








O jogo entre a Ultramarina e o Mindelense está marcado para amanhã, domingo, às 16h00, no Estádio Municipal Orlando Rodrigues, na Cidade do Tarrafal de São Nicolau.
A equipa campeã de São Nicolau, que procura o seu primeiro título nacional, tem pela frente o tetra campeão nacional Mindelense que defende o título.
O árbitro da partida é Lenine Rocha, da região desportiva Santo Antão Sul, coadjuvado por Fredilson da Luz e Denílson Rodrigues e Anilton Bartolomeu é o quarto árbitro.

O outro encontro realiza-se hoje, sábado, às 16:00, no Estádio Municipal do Porto Novo, Santo Antão, e poi frente a frente o vice-campeão nacional, Académica do Porto Novo, e o Sporting da Praia.

O jogo é dirigido por Anacleto do Rosário, assistido por José Brito e Alcindo Duarte, sendo o quarto árbitro Fábio Vaz (quarteto do Sal).

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau e ICCA assinam protocolo


A Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau e o Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) assinaram, hoje, um protocolo de parceria visando estreitar as relações institucionais.






Segundo a página oficial do Fecebook do Município do Tarrafal de São Nicolau, com este ato, a Câmara Municipal do Tarrafal São Nicolau “compromete-se a mobilizar outros parceiros a favor do Centro, apoiar o desenvolvimento de medidas que visam a sustentabilidade do Centro e assistir o Centro na elaboração de estudos sobre a situação das famílias das crianças em situação de risco”.
Enquanto o ICCA “terá a responsabilidade de assegurar, coordenar e orientar a ação pedagógica do Centro, sensibilizar os pais e encarregados de educação pela importância que esta Unidade tem no seio das suas famílias e das comunidades onde estão inseridas, elaborar estudos sobre a situação das famílias das crianças em situação de risco na Ilha.